Oi, sou o Gui Louback, um desenvolvedor de projetos para impacto social (e outras coisas).


Assine a Laço, uma newsletter mensal sobre impacto social.


Projetos

Brasil
Laço, uma newsletter baseada na cultura de ajuda ao próximo.
Missão Sustentável, mentoria para ONGs e negócios de impacto social.
escolas, um TripAdvisor para escolas.
M I N I C O N T O S, contos breves sobre os dias que vieram, virão ou sonhamos.
madeirametal, curadoria de vídeos sobre ciclismo e marcenaria.

Global
Sustainable Mission, uma newsletter e podcast semanais sobre serviço e missão no longo prazo.
Excel 101, seu estoque pessoal de templates para Excel.

Laço, uma curadoria mensal sobre cultura de ajuda ao próximo.

"Onde posso encontrar projetos sociais que fazem a diferença?"

Essa pergunta me moveu a criar a Laço, um repositório de projetos dedicados a melhorar o mundo.

Sou fascinado por iniciativas de impacto social e cada vez mais novos projetos estão surgindo por aí, no Brasil ou no exterior, preocupados em solucionar temas como: desigualdade social e/ou racial, luta por direitos humanos, acesso e melhoria na Educação, conservação e distúrbios ambientais

Todo mês, novos projetos de impacto social, leituras dedicadas e tudo relacionado a cultura de ajuda ao próximo.

Veja um exemplo do que você receberá ou acesse todos os projetos, missões, artigos e perfis publicados clicando aqui.

Meu nome é Gui Louback.

Cristão, marido, pai, filho e irmão. É daqui que parte todo e qualquer passo que dou, para frente ou para trás.

Após me formar em Administração, com 24 anos, consegui o meu emprego dos sonhos: consultor de projetos. Acredito que nunca aprendi tanto em tão pouco tempo. É a necessidade que te traz este conhecimento exponencial; o comprometimento com a entrega de um projeto que você nunca realizou antes, no prazo acordado, no custo contratado, com a excelência esperada. Apesar do constante reconhecimento de clientes pelas entregas realizadas, também acredito que nunca me senti tão estressado e desgastado em minha vida profissional. Sentia que precisava de algo mais.
Nesta época, já tinha começado a me envolver com ONGs e impacto social. Foi então que vi este vídeo.

Entendi que dali em diante eu deveria mudar algo, que deveria ajudar mais. Então pedi demissão.

Foi um período de transição. Fui trabalhar em uma editora educacional, já que sempre gostei desta área. Durante este tempo, co-fundei uma ONG dedicada a recuperação e integração de refugiados no Brasil. Mas enquanto profissionalmente planejava e executava projetos de milhões de Reais, nas horas livres, apoiando a ONG, sofríamos com a falta de recursos.

Me lembrei do vídeo acima e dos seus alertas: das incertezas que a falta de recursos, financeiros ou humanos, pode promover em qualquer projeto ou negócio, das vantagens e desvantagens de se trabalhar orientado à missão e os reflexos no longo prazo.

Com estas experiências e reflexões, cheguei onde estou hoje: querendo ajudar aqueles que ajudam, a persistirem e a prosperarem no longo prazo. Vamos trabalhar?

Hi, I'm Gui Louback, a Brazilian project developer for social impact (and others stuffs).


Projects

Global
Sustainable Mission, a weekly newsletter and podcast about service and mission on the long-term.
Excel 101, your personal stash for minimalist templates.

Brazil
Laço, a newsletter based on the culture of helping others.
Missão Sustentável, mentorship for Non-profits e social business.
escolas, a TripAdvisor, but for schools.
M I N I C O N T O S, tales about the days that came, will come or we've dreamed of.
madeirametal, curated videos about cycling and woodwork.


My name's Gui Louback.

Christian, husband, father, son, and brother. Every step that I take comes from here, forward or backward, it doesn't matter.

After graduating in Business Administration, at age 24, I was able to land my dream job: project consultant. I think I've never learned so much in such a short period of time. It is the need that brings you this exponential knowledge; the commitment to deliver a project that you have never done before, within the agreed time frame, in the contracted cost, with the expected excellence. Despite constant customer recognition for deliveries, I also believe that I have never felt so stressed and worn out in my professional life. I felt I needed something more.
By this time, I had begun to get involved with NGOs and social impact. And then, I saw this video.

I understood that from then on, that I should change something, which should help more. Then I quit.

It was a period of transition. I went to work in an educational publishing house since I always liked this area. During this time, I co-founded an NGO dedicated to the recovery and integration of refugees in Brazil. But while professionally planning and executing millions on projects, in the off-hours, supporting the NGO, we suffered from the lack of resources.

I remembered the above video and its warnings: from the uncertainties that the lack of resources, financial or human, can promote in any project or business, the advantages and disadvantages of working mission-oriented and the reflexes in the long term.

With these experiences and reflections, I have arrived where I am today: wanting to help those who help, persist and thrive in the long run.

Want to work with me?